Nossa história

 

 

 

O Núcleo de Estudos em Psicologia Escolar (NEPE) do Laboratório de Psicologia Escolar do Instituto de Psicologia da UnB, coordenado pela Profª Claisy M. Marinho-Araujo e composto por pesquisadores, professores, psicólogos, educadores e estudantes do Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (UnB), é responsável por conceber e organizar, desde 2009, as edições anuais do Colóquio de Psicologia Escolar. 

 

Esse evento teve sua gênese na articulação teoria-prática desenvolvida na disciplina Psicologia Escolar, ministrada pela Profª Claisy Marinho, que imprimiu, a partir de metodologias ativas, forte articulação teoria e prática entre as experiências acadêmicas dos estudantes de graduação do curso de Psicologia da UnB e as atividades profissionais dos psicólogos escolares da Secretaria de Educação do Distrito Federal, oportunizando ampliação e aprofundamento da formação, atuação e pesquisa em psicologia Escolar. Os frutos dessas ações eram apresentados nos Colóquios, que foram se consolidando como forte materialidade de ensino, pesquisa e extensão.

 

A partir da edição de 2013, o Colóquio ampliou-se para um evento de abrangência nacional.

 

Em 2018, para celebrar o 10º ano consecutivo do Colóquio de Psicologia Escolar, e dando continuidade à sua característica de protagonizar inovações e avanços na Psicologia Escolar, o Laboratório de Psicologia Escolar buscou a internacionalização e realizou o evento na Universidade do Minho, em Portugal. 

Essa iniciativa foi possível em razão de consolidadas parcerias realizadas desde 2009 com o Prof. Leandro Almeida, do Centro de Investigação em Educação (CIEd) da Universidade do Minho, e seu grupo de pesquisa. 

O Colóquio Internacional foi realizado em Portugal também em 2019, com parceria de professores, pesquisadores e estudantes de países parceiros como Espanha e Moçambique. 

 

Em 2020, a despeito dos desafios advindos da pandemia do Covid-19 e as consequentes  crises sanitária, econômica e política, O Colóquio Internacional de Psicologia Escolar foi totalmente realizado de forma virtual. Mais essa inovação na história do evento foi possível graças à resistência e resiliência do  grupo de professoras e pesquisadores do Laboratório de Psicologia Escolar. E, em 2021, com a vitalidade que caracteriza o Laboratório de Psicologia Escolar da UnB, anunciamos mais um Colóquio!!!

 

Nesses treze anos, cada edição do Colóquio vem oportunizando fecunda integração, troca e divulgação de trabalhos de estudantes de graduação, pesquisas em desenvolvimento ou concluídas no âmbito da pós-graduação, projetos de extensão universitária, práticas profissionais, pesquisas e políticas públicas em Psicologia Escolar. 

 

Fazem parte, historicamente, das Comissões Científicas e de Organização dos eventos, além das professoras do Laboratório de Psicologia Escolar, professores e pesquisadores de outras Instituições de Ensino Superior no DF, no país e no exterior; estudantes de graduação e pós graduação da Universidade de Brasília; psicólogos escolares da Secretaria de Educação do Distrito Federal; professores de outros departamentos do Instituto de Psicologia da UnB; pesquisadores do Grupo de Trabalho em Psicologia Escolar da ANPEPP, presentes desde a primeira edição. Essas parcerias também se concretizam por meio de conferências, mesas redondas, simpósios, comunicações orais, rodas de conversas do Colóquio nesses anos.

  

Os Anais do Colóquio de Psicologia Escolar, disponíveis em ANAIS, sintetizam as produções apresentadas e discussões realizadas nas edições passadas do evento.

Para o XIII Colóquio de Psicologia Escolar essa e outras formas de difusão científica e de acesso do público aos produtos do evento serão elaboradas e divulgadas. 

  

O impacto do Colóquio de Psicologia Escolar para o desenvolvimento científico e tecnológico do Distrito Federal se concretiza nas participações, produções e parcerias de gestores e profissionais das áreas da Psicologia, Educação, Saúde, Direitos Humanos, Serviço Social e outras. As interlocuções promovidas pelas diversas edições do Colóquio têm influenciado fortemente a formação continuada de profissionais nessas áreas e as políticas públicas no Distrito Federal comprometidas com a melhoria da qualidade da educação pública, a divulgação de práticas bem sucedidas, a consolidação da inclusão escolar anticapacitista, a garantia de direitos, a vinculação de medidas socioeducativas ao desenvolvimento de jovens em cumprimento da lei, a defesa das ações afirmativas, a conscientização e emancipação de muitos. 

    

  

O XIII Colóquio de Psicologia Escolar e o IV Colóquio Internacional de Psicologia Escolar pretendem a continuidade desses compromissos científico, ético e político, oportunizando espaço para que os participantes divulguem produção científica, ampliem saberes, discutam resultados de pesquisas, partilhem práticas, socializem e troquem experiências no campo da Psicologia Escolar. 

E ressignifiquem a si e ao seu fazer, por meio da circulação de conhecimento e afetos!